Arquivo da tag: PS3

Dragon Ball Z: Battle of Z

Desde os meus primórdios como jogador de video-jogos há gêneros de jogos que me acompanham. Comecei cedo com os J-RPGs, sempre gostei de Plataformas e devo ser uma das poucas pessoas do mundo que ainda se empolgam com um antiquado … Continuar lendo

Publicado em Opinião Polêmica da Discórdia | Marcado com , , , , , , , | 7 Comentários

J-View: Akiba’s Trip 2

Não deveria ser uma surpresa de que dois dos jogos mais malucos que eu já analisei aqui ganharam continuações este mesmo ano. Primeiro foi o jogo de “fazer” bebês Conception 2. Agora é a vez do fantástico Akiba’s Trip 2! … Continuar lendo

Publicado em J-View, Reviews | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

J-View: Tears To Tiara 2

Aquaplus é famosa por fazer ótimas visual novels como To Heart, mas o que aconteceria se eles se juntassem à uma empresa experiente no gênero de RPG pra fazer um jogo? Pra bem ou pra mal, o resultado disso foi … Continuar lendo

Publicado em J-View, Reviews | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

J-View: Fairy Fencer F

Um novo jogo criado por uma nova divisão da Compile Heart: Galapagos RPG. Muito me interessou ver sobre o que se tratava o primeiro jogo feito nesta marca, já que o hino deles conta como eles vão fazer os jogos … Continuar lendo

Publicado em J-View, Reviews | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

J-View: Legend of Heroes – Sen No Kiseki

Eiyuu Densetsu, Esse é uma serie que eu adoro, eu realmente esperava muito por este jogo! se não fosse por alguns bugs terríveis, Zero no Kiseki teria sido meu jogo favorito do ano passado. Mas esse aqui é um início … Continuar lendo

Publicado em J-View, Reviews | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

J-View: Jojo Bizarre Adventure All Star Battle

Jojo é o jogo que todo mundo estava aguardando no Japão, e tem bons motivos pra isso: O jogo é, definitivamente, um forte candidato para melhor do ano. Veja o porquê: . . .

Publicado em J-View, Reviews | Marcado com , , , | 6 Comentários

Thomas Was Alone [Sociedade dos Hipsters Mortos]

Thomas was alone é um jogo produzido, como boa parte dos jogos indie de expressão, por um time diminuto. Na verdade, um time de uma pessoa, Mike Bithell, mais conhecido por não ter feito absolutamente nada. O jogo surgiu de … Continuar lendo

Publicado em Sociedade dos Hipsters Mortos | Marcado com , , , , | 4 Comentários