J-View: Jojo Bizarre Adventure All Star Battle

JJASB09Jojo é o jogo que todo mundo estava aguardando no Japão, e tem bons motivos pra isso: O jogo é, definitivamente, um forte candidato para melhor do ano. Veja o porquê:

.

.

.

Criado pela Cyberconnect2 – a mesma responsável pelos jogos de luta do Naruto – esse jogo vai muito além de outros jogos baseados em anime. A jogabilidade é bem complexa e dá aquela sensação mais “profissional”, ou seja: Não vai ter muito “level easy” para os casuais. Se quiser brincar um pouquinho, tudo bem, mas fique preparado pra tomar umas peias em breve se não estiver preparado.

– Estória e Personagensjjba12Acho que não devo escrever muito nesta sessão. Não porque seria spoiler, mas porque tentar resumir o enredo e personagens de Jojo em poucas linhas seria insano. Mas aqui vai um breve texto contendo a essência da série:

A primeira série segue as aventuras de um jovem e seus amigos contra vampiros criados por uma máscara (nenhuma ligação com o RPG vampiro: A máscara). Eles usam uma técnica muito maluca que controla energias de praticamente qualquer coisa através da respiração.

A segunda parte torna todo a mitologia dos vampiros em uma ideia ultrapassada ao introduzir entidades ancestrais tão poderosas que chegam a usar os temíveis nosferatus como meros cachorrinhos.

Da terceira parte em diante o enredo se centra em batalhas entre usuários de um novo tipo de habilidade misturando poder psíquico e espiritual: Os Stands. Essa foi uma ideia tão revolucionaria que até mesmo empresas e autores famosos tiveram a cara-de-pau pra usar coisas parecidas, por mais que o conceito seja único e inconfundível (estou olhando para você Atlus!).

Okey! Esse é o máximo que eu posso fazer sem entrar à fundo no enredo. Se eu fosse fazer isso, essa sessão não iria ter fim.

– Jogabilidade

jjba11jjba10

Essa é uma parte que me agradou bastante, já que meche com elementos que gosto bastante em meus jogos de luta. Enquanto, de início, os combos podem parecer simples, há na verdade umas possibilidades bem absurdas pra combar altos hits. Alguns dos meios para fazer isso são através de sistemas mais avançados, como os famosos cancels e super cancels, mas também existem alguns recursos quase que secretos no jogo, como o “FakeNerd© 2013 Stand-Mode Cancel” (aparentemente ele pede créditos por descobrir isso, então, aqui está…). Mas digo que existem ainda alguns obstáculos impedindo a participação desse título em competições mais sérias e profissionais como, digamos, o EVO. Por exemplo: A provocação especial feita quando o oponente está no chão é bem legal, mas gasta muito tempo e pode se tornar muito cansativo e irritante para o adversário ou até mesmo pra quem está usando.

jjba09jjba08

Tem algumas poucas reclamações, como algumas pessoas (o Maximus, por exemplo) que acham que a animação de andar de alguns personagens é muito lenta, porém, há bons motivos pra isso: Um deles está na capacidade de fazer side-steps, com essa habilidade em mãos, o personagem já tem bastante mobilidade e rotas de fuga pelo cenário, então algo tinha que receber uma baixa. Outro motivo está no Zoning dos personagens, que seriam bem prejudicados se fosse mais fácil se aproximar do seu adversário. Por esse mesmo motivo, a corrida da maioria dos personagens também é falha, já que ela te dá muitos momentos vulneráveis onde a animação não pode ser cortada.

– Gráficos

jjba07jjba06Dava pra ser melhor que isso? Sério: Esse é um dos melhores gráficos que já vi em um jogo. É muito mais difícil do que você imagina pra fazer um gráfico de vídeo game passar a impressão de que é um desenho animado. Isso só foi recentemente alcançado no Guilty Gear 3rd Sign.  Talvez esse jogo também pudesse ficar muito bonito usando as técnicas de textura do novo GG, mas creio que esse ainda seria o melhor estilo pro traço mais “realista” do Araki.

jjba05jjba03

– Sons

Cada personagem do jogo tem uma música só para ele. O que significa mais de 30 músicas super empolgantes! Certamente vale a pena adquirir o soundtrack desse jogo.

As vozes estão fantásticas! Adorei todo o cast! Ficaram todos perfeitos! Principalmente quando ajeitaram a voz do Giorno (Romi Park) e botaram ela no Koichi. É a Cyberconnect mostrando pra Crapcom como é que se faz!

– Essa Review é cheia de “!”

Mas o que mais você esperava em uma review de Jojo? É a série mais “!” que existe! Também deve ser a mais “?”, mas isso também faz parte.

Anúncios

Sobre Benedict

A ovelha negra. Perdeu sua alma quando resolveu seguir o caminho do mal e unir forças com os jogos nipponicos. Durante um ataque dos EUA, por pouco escapou de se tornar um FPS, porém, um de seus olhos foi permanentemente transformado em uma mira laser.
Esse post foi publicado em J-View, Reviews e marcado , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para J-View: Jojo Bizarre Adventure All Star Battle

  1. Ken-Oh disse:

    Muito bom! Fiquei meio preocupado com o post que um de vcs fez no facebook (Creio que foi o Maximus já que reclamava da movimentação), mas realmente senti firmeza em adquirir esse jogo.

    Mais fiquei com umas duvidas: A quantidade inicial de personagens é interessante ? A algo no jogo em que não foi revelado ainda ? Tem algum personagem que é muito superior aos outros ? E como ficou o equilíbrio Hamon vs Stands,da pra enfrentar o Erico Pucci com o Joseph por Exemplo ?

    Bem acabei não adquirindo o jogo pq o dólar quis me sacanear indo as alturas, mas mês que vem devo comprar o mesmo. E teria o vídeo desse cancelamento “especial” descoberto pelo Fake Nerd ?

    • Ed Shemp disse:

      A quantidade inicial é meh, acho que dois personagens por saga (menos a oitava que tem 1 no jogo), mas habilitar personagens é só terminar o story mode uma vez. Ele é fraco mas nada ofensivo, então vc não terá problemas. Habilitar as roupas alternativa sim é um saco.
      É equilibrado sim, os stands são bons mas os hamon user tem versões ex dos golpes no botão de stand, e alguns são MUITO bons, compensa. Na verdade, meus personagens mais poderosos são um hamon user (Zappelli) e um… vampiro (Dio sem satand). Mas é porque são personagens agressivos, que combinam com meu estilo de jogo, não por serem uber fortes. O Jotaro, no entanto, é tão ridiculamente poderos quanto você deve imaginar…
      Foi meio diferente do que eu esperava. Eu achei que seria um jogo de luta meh, mas um bom Jojogame. Como Jojogame, eu achei meio abaixo do esperado (story mode fraco e coisas editáveis chatas de liberar). Mas achei um jogo de luta bem consistente, com boa jogabilidade e equilibrio. Se eu tivesse um play 3 e pessoas pra jogar contra (ou internet boa o bastante para on line) compraria.

      • Ken-Oh disse:

        Opa o Jotaro é o mais poderoso, hahaha bom saber que o meu JoJo favorito é um dos melhores. Realmente dei uma verificada na internet e vi que o modo história é bem fraquinho,sem cutscenes e nem mesmo alguma imagem do manga. Mas como soufã vou comprar do mesmo jeito. Vlw.

Deixe seu comentário, dica, opinião não relacionada ou propaganda descarada aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s