J-View: Million KNights Vermilion

– Hey! Otto! Ouvi-me!

– O que qui tu quer pirralha?!

– Por um acaso tu conheces um jogo eletronico chamado “Million KNights Vermilion”?

– Que porra de nome retardado é esse? Tem dois “milion”? nele! por acaso o Silvio Santos participa dessa coisa?

– Quase isso! Se trata de um dos piores jogos de toda história! Que achas? Não faz teu sangue gelar abruptamente?

– Cuidado com o que sai da tua boca antes que eu faça tuas entranhas sairem por ela! Já sofri muitos horrores! Nada nesse mundo patético me faria correr de medo!

– Oooh! Mas que intrépido rapaz! Pois bem! Vamos nós analisar está extravagância!

Million KNights Vermilion é um titulo questionavel a partir do nome, que raios de “KNights”? por que duas letras maiusculas na mesma palavra. Mas isso não é importante, vamos ver o que aconteceu nos bastidores:

A muito tempo atrás! No palco de jogos indempendentes, antes mesmo de existir o termo “indie game”. Raramente, os ocidentais jogavam “sharewares”, porém, no oriente, “doujin games” eram a putaria do momento, pois parecia bem facil ganhar dinheiro com isso. A Rapid Fire foi uma dessas desenvolvedoras. Ela veio com uma idéia infalível: Uma cópia de um dos Beat’em ups mais populares da história de sempre: Guardian Heroes, mas com um igrediente secreto: Trocar todos os personagens por heroínas dos simuladores de encontro mais populares da época e Cho-Aniki…Vejo qual foi o problema.

– Mas que carga de merda é essa? Nem um jogo deveria ser tão feio! Não da nem pra saber o que ta acontecendo aqui!

 

– Olá fracotes! Fazendo algo divertido? Claro que não! Então vamos brincar juntos! Só toma cuidado pra eu não te machucar, tá?

– Calaboca Viadinho! Eu só não enfio minha Sleipnir no teu cú porque tu tá com cara de que iria gostar disso!

– AAh! Esta prosa está deveras longa! Vamos resumir o assunto!

Guardian Heroines recebeu várias revisões e atualizações, tudo para nada. Eles decidiram começar um novo projeto: Um fighting game baseado em Fate/Stay Night, que foi chamado de “Fate/Sword Dance”. Mas o resultado foi tão horrendo que o jogo foi largado antes mesmo de receber revisões como Fate/Sword Dance “Dance Revolution”, uma pena. Para o proximo esforço deles, eles decidiram jogar tudo pro alto e reestruturar seu grupo, mudando o nome para “Neo RapidFire”. O 1ᵒ projeto deles era tão ambicioso que declarava no título que haveria um continuação: “Big Bang Beat – 1st impression”. O jogo era muito melhor do que se esperava, mas, muito tempo e dinheiro foi gasto, e o retorno foi longe do esperado. Metade do time queria arriscar suas chances com BBB e formaram o time Frontier Aja. Já a outra metade quis seguir em frente com um outro projeto:  Million KNights Vermilion sobre o nome de “NRF”.

– Perai! Ta fudendo com minha paciencia? Que porra de capa é essa? Eu nem apareço nessa merda!

– Calma querido irmão! Dois olhos não são necessários pra perceber isso! Mas essa capa não é tão simples quanto parece! Tem coisas muito mais excitantes pra ser ver nela!

– Yuri? Sua demente! O que você faz aqui? E o que você quer dizer com isso?

– Seu Bobinho! Não percebeu que NRF é apenas a sigla para “Neo Rapid Fire”? Mas essa tolice não era o bastante! Reparou que o jogo tem um subtítulo escondido atrás do título? diz “act 0 bloody nightmare”

– Ooh! Diferente do Otto tu és uma rapariga bem perspicaz! Exato! Outras interações estavam nos planos. “Ato 0” justifica as várias partes inacabadas.

 –

– Precisamente! Pequenos detalhes incompletos como: musicas, efeitos sonoros, cenários, animações, estória, efeitos especiais, golpes especiais, finais e personagem inteiros. Meros detalhes, Fu Fu Fu!

A Hype para o jogo foi absurda! Isso porque ao mesmo tempo que o jogo ainda era, tecnicamente, um doujin game, ele contava com um time profissional, estudio de anime para fazer os gráficos em HD, compositores de jogos proficionais, dubladores famosos, character designer popular, confira:

Animação – Studio Tokyo Kids (Ayakashi, Gurren Lagann)
Character designer – Sogabe Shuji(Senko no Ronde, Sol Trigger)
Música – MintJam (Melty Blood)
Otto – Suwabe Jun-ichi(Archer de Fate/stay night)
Folo – Kobayashi Yuu(Kanon de Umineko no Naku Koro ni)
Oscar – Horikawa Ryo(Shun de Cavaleiros do Zodiaco)
Silvio – Fukuyama Jun(Lelouch Lamperouge de Code Geass)
Nobuko – Kadowaki Mai(Illyasviel de Fate/Stay Night)
Tamara – Shindou Kei(Kagami Kuro de Kodomo no Jikan)
Virginia – Kitamura Eri(Araragi Karen de Bakemonogatari)
Yuri – Imai Asami(Makise Kurisu de Steins;Gate)
Ivan – Terashima Takuma(Apollo de Sousei no Aquarion)
Sven – Sugiyama Noriaki(Uchiha Sasuke de Naruto)
Smile – Yasumoto Hiroki(Sado Yasutora de Bleach)

E a promoção pra cima do produto foi enorme! Eles lançaram sua própria linha de roupas e até mesmo uma marca de sake! Tá certo, essas roupas são pra cosplay e o sake é só uma amostra, mas a parada tava séria! Eles tinham seus próprios stands em conversões de jogos, e vinham com modelos em cosplay e tudo mais! Mas nada do jogo! O único trailer com menos de 10 segundo de gameplay já tinha mais de um ano de idade. Por isso que foi tão engraçado quando o 1ᵒ e único demo do jogo foi lançado com apenas “replays” de jogadas. Ou seja, você só podia assistir a CPU jogando e fazendo sempre a mesma coisa. Provavelmente porque os personagens ainda estavam tão incompletos que eles não queriam que você fizesse ações e golpes que não tinham animações prontas ou ainda estavam “bugados”. Como se não bastasse, os graficos eram um tanto… desagradaveis. Mas, no dia 26 de abril de 2009, o jogo foi finalmente lançado e podiamos desfruta-lo!

-Plot

Em um futuro pós-apocalíptico arruinado por terremotos, surge um misterioso virus chamado Rage que concede poderes sobre-naturais em troca da sanidade do infectado. Para controlar as vitimas da doença, uma organização de nome Vermilion é formada!

– Huunm~Um jogo de luta de clima sombrio sobre terremotos que mudam a sociedade e pessoas extraordinarias, aonde eu já vi isso? Acho que jogarei um pouco de Daraku Tenshi enquanto tento me lembrar!

-Personagens

Nome: Otto

Habilidade: Manipulação de sangue

Otto é o protagonista do jogo. No passado, ele fe…

– Perai! Que porra é essa? Cade minha poderosa espada Sleipnir?!

 –

– Oh! Sim! Agora me recordo que eles queriam um desenhista só pra fazer as armas, mas parece que o dinheiro não bastou, não vos preocupeis com isso que eu corrijo para ti!

 

Otto é o protagonista do jogo. No passado, ele fez parte da Vermilion, mas sumiu durante uma missão 3 anos antes do jogo e agora é um lobo solitário porque isso é sexy e fodão. Ele quer derrotar Arexis que é o lider de um grupo militar e salvar a sua irmã.

– Essa porcaria é só um pedaço de pau com um outro pedaço de pau pregado nele! Não acredito que eles precisem de um desenhista especializado pra desenhar algo melhor que isso!

– Agora tu entendes o porque dos outros parecem estar a segurar o vento? A maioria dos nossos oponentes usam armas afinal!

Nome: Yuri

Habilidade: Regeneração

Yuri é a irmã mais nova de Otto. Ela ficou doida após o sumiço do irmão e deixou Vermilion para trabalhar para o vilão Arexis. Agora ele se tornou o único conforto dela, e ela se entregou de corpo e alma à ele.

– O Que?! Você é minha irmão mais nova e não é apaixonada por mim?! Que tipo de japonesa você é?

– Escute bem querido irmão, eu…

-E não vem com esse papo de “Querido irmão” pra cima de mim! Você mentiu pra mim!!

Nome: Nobuko

Habilidade: Necromancia

Garota misteriosa que usou seus poderes de necromante para recrutar as garotas daquele filme Suicide club, porque são todas estudantes colegiais. Apesar das aparencias, ela é transável pois usaram aquela desculpa de que, na verdade, ela é um ser místico de 473 anos. Ha ha!

– Eu sempre hesitei em te contar mas…sua calcinha está bem exposta…O tempo todo!

-Sim, estou ciente disso! É proposital! Isso irá me deixar mais popular!

Nome: Silvio

Habilidade: ?

Jin Kisara…Quero dizer: Silvio é o rival de Otto, que trabalhou como seu parceiro nos seus dias na Vermilion. Mas, devido ao seu complexo de inferioridade, ele deserta para derrotar Otto e provar que ele é mesmo o melhor.

Nome: Folo

Habilidade: Metamorfose

Um travesti que trabalha para Vermilion. Ele tem uma irmã gêmea identica, mas não é isso que você quer certo? O que você quer é jogar com um travesti semi-nú menor de idade. Extremamente egocêntrico, acredita que todos em sua volta são meros insetos.

Nome: Virginia

Habilidade: Super Força

Uma descendente de monges shintoístas. Seu grupo foi aniquilado pela Vermilion e agora ela viaja com Smile em busca de vingança.

Nome: Smile

Habilidade: Endurecer corpo

Quer agradar os gringos? Bem, então faça personagens feios e nojentos como esse. Isso porque Smile foi o único personagem a ter seu visual elogiado em toda internet, mas, por que ele é o único a agradar? O design dos outros personagens também são bons(exceto por Folo!). Smile é um grandalhão que segue Virginia pois está apaixonado por ela. Seu poder está fora de controle e ele logo vai virar uma estatua.

Nome: Tamara

Habilidade: Magia elemental

Por algum motivo, ela tem poderes mágicos que, aparentemente, não tem qualquer relação com as habilidades do virus Rage. Ela se auto intitula “estudante colegia da justiça” e se intromete nos problemas dos outros para proteger a cidade.

Nome: Ivan

Habilidade: ?

Nada se sabe sofre Ivan, mas antes que isso comece a dar impressão de que ele é misterioso e legal, eu esclareço logo de que ele foi o ultimo personagem a ser incluido e, não muito depois, o site oficial do jogo foi abaixo, levando com ele todas os dados desse personagem. Só se sabe que ele é irmão do Sven e que ele está tentando segurar uma espada de madeira invisivel.

Nome: Sven

Habilidade: Manipulação de vento

Mesmo caso do Ivan, vamos pra o que sabemos dele: um padre de 17 anos de idade, jovem demais pra vestir a batina, mas, tudo bem, pois japoneses não sabem como funciona o cristianismo. Ele é irmão do Ivan, luta boxe e controla o vento.

– Espere um minuto! Eu percebi pela pose da minha artwork que eu deveria usar duas tesouras de tamanhos normais, o que aconteceu com isso?

– Ah! não sejas demasiadamente enervante! Ao menos tu ganhaste uma Tesoura gigante e mutante no lugar disso. Não é excitante?

 –

– Honestamente, não muito!

– Jogabilidade

É uma porcaria! Isso resume bem. Agora, vamos aos detalhes: Você conta com 3 botões de ataques normais (fraco, médio e forte) e um 4˚ botão de ataque chamado “Vermilion”, que quando atinge, arremessa o alvo ao ar e a gravidade passa a não mais surtir efeito sobre ele. Nesse momento, o jogador pode, literalmente, brincar de fazer embaixadinhas com o corpo do infeliz. Durante esse período a tela fica mais estreita para dificultar combos onde se passeia pela tela. Mas não importa, o jogo é tão quebrado que você pode desferir combos de 100% de dano ou infinitos sem sequer precisar do vermilion. Os lutadores também contam com os tradicionais “golpes super especiais”, aqueles que precisam gastar cargas de uma barra especial para serem usados. Neste caso, existem especiais que gastam um ou mais estoques da barra. Os ataques que gastam uma barra são basicamente a animação de um dos golpes normais se repetindo ou acertando várias vezes, semelhantes aos super combos da série Street Fighter. Somente os que gastam vários estoques de barra valem a pena, porem a maioria deles é tão simples e sem graça que deixa o jogador desmotivado a usa-los.

– Gráficos

Essa é a parte onde eu mostraria exemplos de gameplay e falaria dos graficos, mas…Olha pra isso! Essa porcaria é horrivel! Nem da pra saber o que está acontecendo com os personagens em alguns momentos, pois eles usaram um efeito de blur para dar sensação de velocidade, mas tudo que dá é dor nos olhos. Das poucas vezes que da pra ver alguma coisa, percebe-se que, ao executar os super especiais, a tela fica com um efeito de estática ao fundo, o que é uma péssima idéia, pois a primeira coisa que o ser-humano costuma raciocinar nesses momentos é que deu algum problema na TV. Já que isso é um jogo de computador, que tal tornar as coisas mais apropriadas e usar uma blue screen no lugar? Não seria radical?!

Sprites são mal-animados e a movimentação é dura e não tem menor noção de dinamica, o resultado é algo fica parecido com aqueles filmes de artes marciais em que usam a arte do “Arame-Fu” pra fazer um ator nada atlético sair voado por ai em poses bem desconfortáveis.

O layout dos menus e telas tem duas possibilidades: Ou eles são simples ao nivel “paint brush”, ou eles são um carnaval! Veja a tela de seleção de personagens: É tão carregada de coisas “iradas” que eu nem sei pra onde devo olhar! Eles precisavam mesmo desse arame farpado passado na horizontal? Duas vezes? Que tal fazer faiscas sairem pelas laterais? Se ainda estiver muito simples, sempre há a opção de fazer chover sangue! Tá, nem tudo é ruim, a idéia de usar a cabala de sephiroth pra posicionar os ícones de seleção de personagens foi bem legal. A proposito, alguem mais conseguiu notar a cabala no meio de toda essa bagunça? E o que a cabala tem a ver com a estória desse jogo?

O que mais? Cenários são poucos, banais, cliches e estáticos. Faltam efeitos de impacto, efeitos de corte, sangue, alguns efeitos de sombreamento, projéteis e outros golpes magicos que precisam do efeito da magia. Se eu gastar outra meia-hora jogando, talvez eu consiga encontra mais coisas faltando.

– Musica

A musica é boa! Feita por um time que curte fazer musicas de jogos de luta ao melhor estilo dos anos 90. MintJam trabalha com isso como um hobby e profissionalmente também, eles fazem um bom trabalho. Na verdade, eles foram um dos poucos que fizeram o seu trabalho direito. A trilha sonora estava pronta muitos mêses antes do jogo estar disponivel, e o soundtrack foi vendido antes do jogo sair. Como uma porção de musicas que nunca foram usadas no jogo final, possivelmente para serem usadas nos que seriam os chefes finais: Oscar e Arexis.

– Por fim

– E esse foi nosso 1ᵒ e ultimo jogo. É o pior doujin game da história? Considerando os recursos e resultados finais, sim… Provavelmente sim! Repugnante, não concordas?

– Nossa, você é tão rigida! Eu até que achei divertido! Quando você para pra anali…

– Yuri! Que porra de roupa é essa?

– Oh! Estou apenas experimentando o modelito para meu próximo papel, é um jogo de luta de investimento ainda maior que esse! Ele também tem uma campanha promocional imensa!

– Há! Aposto que esse joguinho será um fracasso ainda maior que o nosso!

  – Hunm ~ Vejamos isso, querido irmão!

Sobre Benedict

A ovelha negra. Perdeu sua alma quando resolveu seguir o caminho do mal e unir forças com os jogos nipponicos. Durante um ataque dos EUA, por pouco escapou de se tornar um FPS, porém, um de seus olhos foi permanentemente transformado em uma mira laser.
Esse post foi publicado em J-View e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário, dica, opinião não relacionada ou propaganda descarada aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s