J-view: Tales of Phantasia – Narikiri Dungeon X

narikiri dungeon x

Recentemente eu me deparei com este jogo e fiquei embasbacado: Um jogo da série ‘Tales of “ que ainda não joguei? Bem…Eu tenho que corrigir isso!

Lolis

Shotas

Pedofilia

E muito mais…

– NarikiriWhat?

TalesofPhantasiaNarikiriX (58)

Esse é um remake de um jogo do longínquo ano 2000, ainda para Game Boy Color. Um remake foi lançada junto à uma nova versão de Tales of Phantasia (edição X, que introduz uma personagem exclusiva) em 5 de agosto de 2010, recebendo inúmeras melhorias no PSP. O título se refere à habilidade dos protagonistas de “se tornarem o que quiserem” (Narikiri) e o estilo de se explorar masmorras (Dungeons).

– Estória

TalesofPhantasiaNarikiriX (48)

A fada Etos procurava outros de sua espécie por séculos. Sem nenhum resultado, a pequena fada ficou muito deprimida e desmaiou no meio de uma floresta. Ao acordar, Etos percebe que foi trazida para uma casa por uma entidade chamada Norn, que entrega os bebês Dio e Mell para ela e explica que os gêmeos foram retirados das “linhas do destino”, portanto, eles podem se tornar qualquer coisa, salvadores ou destruidores. Ela pede para Etos se tornar a mãe deles e morar naquela casa, que possui uma barreira contra monstros. 13 anos passam e Etos, que havia perdido a vontade de viver, encontrou um novo sentido em sua vida ao adotar as crianças, se tornando uma mãe por completo, até que um mensageiro de Norn avisa que as crianças devem fazer uma jornada e usar seus poderes para tentar ajudar o mundo, e isso deve servir como um “teste”. Durante suas aventuras eles encontram novos amigos, como a misteriosa Rondoline e Couleur – um “mokona”. Eles também viajam no tempo, visitando várias eras e se enturmam com os heróis de Tales of Phantasia.

TalesofPhantasiaNarikiriX (49)

Juntos eles enfrentam um misterioso casal mascarado que sempre causa caos no caminho dos heróis.

TalesofPhantasiaNarikiriX (57)

A esse ponto, a identidade deles é bem óbvia. Vamos! “Take a guess”! Vejamos…Eles são um casal de adultos em um enredo que envolve viagem no tempo e protagonistas gêmeos. Eles devem ser…OS VERDADEIROS PAIS DOS HERÓIS! Eu sou um gênio!

Paradox_unmasked

Também há uma forte possibilidade de que eles sejam Paradox.

– Personagens

TalesofPhantasiaNarikiriX (52)

Etos

Uma pequenina que é ironicamente “grande de mais para uma fada”. É interessante como ela é uma mãe bem responsável apesar das aparências. Ama muito suas crianças, sempre se referindo à elas como “meus amáveis gêmeos”. Ela também pode ser bem rigorosa, mas a dupla de heróis nunca à contradiz. Isso mostra o quanto eles amam e respeitam ela.

TalesofPhantasiaNarikiriX (53)

Dio

O empolgado da dupla. Ele é muito corajoso, mas pode se dizer que ele é só um estúpido inconsequente, afinal, ele ainda é só uma criança. Traindo os clichês, ele é bem mais estudioso que sua irmã, sempre dando explicações para ela durante a viagem. Esta no meio da sua fase rebelde. Amadurece bastante durante a aventura.

TalesofPhantasiaNarikiriX (54)

Mell

É mais “pé no chão” que seu irmão, se tornando a voz da razão e bom senso do grupo. É muito realista mas pode se dizer que ela é só desesperada e muito negativa, afinal, ela ainda é só uma criança. Ela também tem mais “tato social” que Dio e geralmente passa um corretivo nele quando o garoto diz algo insensível e estúpido. Amadurece bastante durante a aventura.

TalesofPhantasiaNarikiriX (56)

Couleur

Não! Esse não é o irmão do Freeza! Esse seria o Cooler! Esse aqui é só um Mokona verde que as crianças acolheram durante a viagem e o chamam assim por ser o único som que ele faz (será ele um Pokemon?). Ele não acrescenta muito pra estória, mas no final do jogo ele tem uma grande revelação à fazer, pena que até lá você provavelmente já não dá a mínima.

TalesofPhantasiaNarikiriX (55)

Rondoline E. Effenberg

Personagem feita especialmente para esse remake e introduzida na versão de Tales of Phantasia que vem junto com o jogo (te obrigando a jogar essa nova versão se quiser entender a trama direito). Ela é uma guerreira que busca esclarecimento sobre sua família e destino de seu melhor amigo. Ela se junta às crianças por achar elas bem carismáticas e por sentir que seus caminhos podem estar ligados. No lançamento do jogo, muitos especulavam que ela poderia ser uma descendente dos heróis de Tales of Symphonia 2 por causa das suas roupas serem parecidas com as de Emil (sabia que esses jogos se passam no mesmo mundo?).

– Gameplay

TalesofPhantasiaNarikiriX (34)TalesofPhantasiaNarikiriX (35)

Enquanto o original para GBC era um dos poucos “tales of” que usava batalhas de turnos, esse jogo retorna ao antigo estilo action da série original, com um sistema mais próximo de Phantasia. No final do jogo você pode recrutar todos os personagens de Tales of Phantasia (versão do Playstation), mas muitas vezes fica limitado aos gêmeos e Couleur, o que é terrível, já que essa bola é o pior personagem do jogo.Na versão do GBC ele podia mudar de forma e ganhar várias habilidades novas, mas no PSP isso foi substituído por uma espécie de “Custom Combo” de Street Fighter Alpha que ele executa junto à um dos protagonistas. Já as crianças são as melhores personagens, o poder de Cavaleiros do “faz de conta” (que tal minha tradução improvisada?) permite que eles ganhem qualquer habilidade, eles só precisam ficar no “clima da coisa”, pra isso eles precisam de roupas.

TalesofPhantasiaNarikiriX (07)TalesofPhantasiaNarikiriX (09)

Essas roupas são encontradas em baús e eventos, mas também aparecem misteriosamente quando você derrota um chefe (da onde você tirou essa roupa Batman?). As habilidades se diferem bastante de uma roupa pra outra e vale a pena experimentar todas. Uma dessas roupas permite Dio recrutar monstros, o que faz lembrar outra continuação direta/spin-off: Tales of Symphonia 2: Dawn of The New World.

Existe uma mystic art para cada classe de roupa, o que significa que há vários super ataques legais para você colecionar.

TalesofPhantasiaNarikiriX (61)TalesofPhantasiaNarikiriX (62)

Também é possível encontrar o clássico Wonder Chef (em versão feminina aqui), ele se disfarça de vários objetos no cenario, o que pode ser confuso quando se explora…

TalesofPhantasiaNarikiriX (36)TalesofPhantasiaNarikiriX (37)TalesofPhantasiaNarikiriX (38)TalesofPhantasiaNarikiriX (39)

Isso quer dizer que há um sistema de culinária, que te permite fazer comida com vários efeitos em qualquer lugar, desde que se tenha os ingredientes.

– Gráficos

TalesofPhantasiaNarikiriX (11)TalesofPhantasiaNarikiriX (20)TalesofPhantasiaNarikiriX (21)TalesofPhantasiaNarikiriX (29)

É uma pena que os gráficos neste jogo não foram usados para o remake de Phantasia que vem no pacote, porque eles são ótimos. Apesar de serem 2D em SD os personagens são cheios de detalhes e cores, são muito bem animados e com várias ações.

TalesofPhantasiaNarikiriX (63)TalesofPhantasiaNarikiriX (64)

Um pouco melhor do que o 2D de Tales of Hearts para Nintendo DS (que eram muito “Super Deformados”), mas a melhor resolução de tela do PSP faz a diferença parecer maior. O ambiente é poligonal mas você não pode ajustar a câmera. Algumas roupas são parecidas umas com as outras, mas ainda tem umas boas diferenças gráficas.

TalesofPhantasiaNarikiriX (32)TalesofPhantasiaNarikiriX (08)

As famosas “Skits” estão presentes, mas os personagens de Phantasia ainda reciclam os mesmos gráficos da versão do PSX, o que causa alguns terríveis contrastes entre os desenhos mais recentes dos personagens novos. Algumas Skits tem até CGs (gráficos coloridos) específicos. Alguns eventos do jogo vem com belas ilustrações para complementar a cena.

TalesofPhantasiaNarikiriX (42)TalesofPhantasiaNarikiriX (46)

– Sons

TalesofPhantasiaNarikiriX (51)

Sakuraba Motoi, que é o compositor para maior parte dos jogos da série compôs as faixas originais para a versão de GBC, que foram remixadas e usadas neste jogo juntas à remixes de Tales of Phantasia.

TalesofPhantasiaNarikiriX (68)TalesofPhantasiaNarikiriX (69)TalesofPhantasiaNarikiriX (70)TalesofPhantasiaNarikiriX (71)

O tema de abertura é “Garasu no Hana” (Flor de vidro) por Oku Hanako. Uma música que tenta resgatar o clima de mundo encantado infantil que tinha no tema de Phantasia (apesar desse jogo não ser muito apropriado para crianças).

O jogo tem dublagem completa em todos os eventos. A maioria dos dubladores são bem decentes (Especialmente Tamura Yukari como Etos), mas tem umas dubladoras amadoras que só participam por tradição, estou olhando para você Kawata Taeko! Vai aprender a pronunciar seus “Ss” direito, talvez assim você faça algo mais famoso e recente do que a Amy Rose do Sonic!

TalesofPhantasiaNarikiriX (65)

– Remake ou Re-imagining

O curioso é que esse jogo foi originalmente anunciado com um “R” no lugar do “X” no título. Esse “R” foi reaproveitado para os remakes do PS Vita, mas esperai! Eles não são remakes! São “Re-imagings”, certo? Na verdade não!

TalesofPhantasiaNarikiriX (59)TalesofPhantasiaNarikiriX (60)

Ironicamente esse jogo é uma re-imaginação da estória muito mais decente do que o Innocence R, isso porque ele muda muita coisa, o final do jogo ainda continua quase o mesmo, mas o processo é todo diferente.

TalesofPhantasiaNarikiriX (66)

O original usava uma narrativa meio parecida com “Princess Maker”, onde o jogador fica no papel do pai adotivo das crianças e deve cria-las escolhendo decisões que pouco influenciam na trama mas mudam os parâmetros dos personagens. O fluxo da aventura também era mais parecido com uma viagem turística, com os heróis visitando cada um dos heróis de Phantasia e recebendo uma lição de moral e um desafio de cada um deles. Apenas no final do jogo que os protagonistas enfrentavam um verdadeiro perigo.

Na nova versão, esse estilo é abandonado em pró de uma trama e personagens mais consistentes. Você volta a ficar apenas no seu papel de jogador e o papel de pai (na verdade mãe) dos gêmeos fica com Etos, o que torna possível para o jogador ver a responsável pelas crianças se envolver de verdade com a estória. A aventura que era pré-programada agora é cheia de eventos imprevistos e perigosos. As crianças terão de arriscar suas vidas em rebeliões e guerras, onde vão se ferir e perder amigos e outras coisas.

Na verdade, muita coisa nesse jogo lembra Symphonia 2. Como o elenco de 2 personagens principais novos, um NPC importante e um extra jogavel; Os heróis antigos que retornam, entre outras coisas.

Seria bom se o time responsável pelos remakes do Vita aprendessem uma coisa ou duas com esse jogo!

– Mas que diabos!!

TalesofPhantasiaNarikiriX (03)TalesofPhantasiaNarikiriX (18)

Que porra de ideia foi essa de fazer um armário falante chamado Alberto? Esse cara me dá calafrios! Ele tem a mentalidade de um “tiuzão” de 40 anos com tara por lolis. Ele até critica Dio por não ficar excitado pelos peitinhos da própria irmã! Ele é doente e não acrescenta em nada à estória! Que diarreia mental!

TalesofPhantasiaNarikiriX (33)Esse foi um bom aquecimento para Tales of Hearts R que sai em março! Pode vir que estou preparado! …Na verdade, VEM LOGO POR FAVOR! Estou entediado e sem nenhum RPG novo pra jogar!

Sobre Benedict

A ovelha negra. Perdeu sua alma quando resolveu seguir o caminho do mal e unir forças com os jogos nipponicos. Durante um ataque dos EUA, por pouco escapou de se tornar um FPS, porém, um de seus olhos foi permanentemente transformado em uma mira laser.
Esse post foi publicado em J-View, Reviews e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário, dica, opinião não relacionada ou propaganda descarada aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s