To Be Continued: Agosto/2013

to be continued 3

Agosto, além de mês do cachorro louco, também é um mês abarrotado de lançamentos. E então, quais serão os jogos que os membros do Em Outro Castelo com certeza irão jogar este mês?

Já sabe né, começou o mês, sempre tem To Be Continued aqui no Em Outro Castelo. Neste mês, além de novamente não termos o Fake Nerd, temos também a estréia de mais um membro do EOC nesta coluna! Quem será…

Ed Shemp

Mês passado joguei The Raven: Legacy of a Master Thief. Infelizmente ainda não sairam os outros episódios, então nada de review, mas até agora foi divertido. Ou talvez seja só porque eu goste muito de P&C (point and click)…

Esse mês… Tô fudido. Vai sair uma soma de umas 500 dilmas de jogos que me interessam, mas pra post curto vou falar só de 2.

The Bureau: Xcom Declassified era um FPS nojento e genérico. Bem, tanto fizeram os fãs que saiu um outro game da série de estratégia em turnos (que é foda) e esse FPS virou um 3PS de estratégia, com um gameplay que lembra Mass Effect. Ok, eu detesto Mass Effect, mas admiro o esforço em tentar mudar o game por apelo dos fãs, então decidi jogar a nova versão.

O outro é Saints Row 4. Porque é Saints Row e vai ter o Johnny Gat de volta.

Benedict

Tales of Xillia. Esse é um jogo que eu simplesmente tenho que jogar porque eu adoro essa franquia, mas tem algo novo sobre esse jogo que o diferencia dos outros da mesma série: Ele está em inglês! Algo extremamente raro. O que é especialmente ótimo pra mim, já que eu tenho que tirar uma folga da minha vida de Japanese-only games de vez em quando.

Bonus round: “Mind Zero”,dos mesmos criadores de Class of Heroes. O primeiro jogo deles feito pra ser “FODÃO“, e não só mais um “RPG retro barato”. 4 ótimos motivos pra jogar esse jogo:

  1. Esse jogo é um rip-off fudido de jojo, que nem Persona.
  2. Eu adoro Jojo e Persona.
  3. ???.
  4. Profit

General do Panda

No Reino Leste de Mikado, todo jovem deve passar pelo  Ritual da Manopla. Aqueles que são escolhidos pela Manopla tornam-se Samurais. O dia do seu ritual chegou e você (surpresa) foi escolhido. Logo você descobre a existência  de Naraku, uma dungeon onde vivem demônios de verdade e a real função dos Samurais: Executar demônios.

Os principais traços da série SMT estão presentes aqui. Centenas de demônios diferentes, a possibilidade de negociar com eles para conseguir itens, dinheiro ou até que eles o acompanhem, escolhas que afetarão o final do seu jogo e uma dificuldade altíssima. Tudo que eu podia esperar de um título da série… menos o traço do Kaneko. Não, ainda não superei isso. O que não quer dizer que seja ruim, de forma alguma, apenas sinto falta daquele estilo visual único.

Estou gostando BASTANTE do jogo. 20 horas de gameplay, mas a maioria gasta tentando recrutar e fusionar novos companheiros. Comparando com Soul Hackers que também saiu esse ano, SMT IV está me parecendo um pouquinho mais fácil, o que não faz dele um jogo tranquilo de forma nenhuma. É impossível passar por combates apenas apertando botões arbitrariamente e perder a iniciativa no combate (atacando o inimigo antes da luta, como em  Persona 3 ) pode levar você à morte, mesmo com  inimigos comuns e muitos níveis abaixo do seu. Se você curte J-RPG hardcores, eu recomendo esse jogo. Caso contrário,  passe longe.

Já para o mês que vem, teremos muitos lançamentos! Infelizmente para mim, a maioria para PS3 e 360 e como não possuo nenhum dos dois…

Assim, decidi manter meu Hype Pós-Evo aceso, e escolher como meu alvo para o mês de Agosto DiveKick, o provável único jogo de luta em que alguém extremamente descordenado como a minha pessoa terá chance de se dar bem. Para mim, que sequer consigo fazer um Hadouken direito, um fighting game com apenas DOIS BOTÕES parece ser a escolha apropriada.

Maximus Decimus

Mês passado eu cumpri meu compromisso e joguei o The Walking Dead: 400 days. A gente inclusive gravou um podcast a respeito, mas no ritmo que as coisas tão andando, esse só vai sair lá para setembro. Todo o resto do meu tempo de videogame foi gasto com o Persona 4 Golden, este maldito sugador de tempo. Agora que acabei vou poder finalmente pegar no Te Last of Us. Isto é, até o dia 7 de agosto, quando é lançado Dragon´s Crown.

Fuck Yeah! Vanillaware está de volta, e desta vez com gloriosos gráficos HD! Para quem não sabe, Dragon´s Crown é um beat-them-up (vulgo bate-e-anda), na mesma linha de clássicos como Shadow of the Mystara, com vários personagens bem distintos, com ganho de níveis e skill trees, em um estilo próximo também aos mais recentes Castle Crashers e Scott Pilgrim. Além disto o jogo ficou conhecido também pela polêmica sobre o character design da Sorceress.

Para mim, parece um traje de guerra comum.

Para mim, parece um traje de guerra comum.

O Kotaku fez um post descendo o malho no jogo por ser sexista, pelos peitos da Sorceress serem grandes demais e ficarem balançando  e blablablá, meio que ignorando que o design de todos os personagens são extremamente exagerados e desproporcionais. Além disto, seios deste tamanho não são tanto exagero assim…

Viu?

Viu?

Anúncios

Sobre Maximus Decimus

Um carinha do barulho que vai armar altas confusões que até deus duvida nesse site que é um estouro.
Esse post foi publicado em To Be Continued e marcado , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para To Be Continued: Agosto/2013

  1. Ken-Oh disse:

    2 coisas a comentar.
    Primeiro agradecer a vcs (principalmente ao Maximus) por me fazer comprar Asura’s Wrath, joguei, zerei, comprei o DLC do ultimo capitulo (que é simplesmente o mais foda de todos,TODOS, TODOS) e de quebra no vicio levei os dois dlcs do Street Fighter (pra alegria da capcom). Só falta mesmo 4 troféus pra platinar.

    Segundo: Dessa vez vou entrar em um lançamento do mês que ao qual já tinha dito vai ser o Jojo’s Bizarre Adventure All-Star Battle, sou fã da serie curto pra caramba e ainda por cima é feito pela Cyberconnect2, que já capricha nos jogos do Naruto e responsável pelo aproprio Asura’s Wrath. O jogo apresenta uma jogabilidade bem dinâmica e diferenciada entre os personagens, principalmente pelo fato de que haverá personagens que não utilizam stands. Ou seja manter um equilíbrio nisso e ainda fazer ser divertido e vantajoso jogar com o pessoal das partes 1 e 2 vai ser um trabalho bem interessante.

    E Ed Shamp confirmaram a presença do Funny Valentine.

    • Ken-Oh, em primeiro lugar sou eu (e a Capcom) que agradecemos! Apesar de eu não ter jogado os DLCs do Ryu e Akuma, eu realmente achei muito foda Asura’s Wrath e fico feliz de ter ajudado alguém a conhecer essa obra prima. Peno que é raro o Japão voltar a produzir coisas foda assim, devido aos animes tipo B.

      Em segundo lugar, sobre o Jojo, ele não está neste To Be Continued por uma razão simples: Ninguém do Em Outro Castelo vai jogar ele em agosto. O Benedict tem um pre-order da versão japonesa, mas com certeza ele só chega perto do fim de setembro, então fica para o próximo. Aliás, já dá para ter uma idéia de como vai ser um pedaço do banner do próximo post.

      Além disso, todos do EOC somos muito fãs de JJBA, inclusive, se tudo der certo, espere por surpresas em um podcast futuro! (inclusive, talvez, com a participação do Benedict pela primeira vez fora de Haja pão e de podcasts descartados por audio ruim). Sempre costumo falar que Jojo, especialmente depois dos Stands, é o rei dos mangás de luta. Eu mesmo, infelizmente, vou esperar um pouco pela localização em inglês, e jogarei o do benedict. Em outras notas, todo dia checo na internet para ver se já saiu o anúncio de Stardust Crusaders. Ainda mais porque eu decidi que não iria reler Jojo uma terceira vez, iria apenas ver o anime (principalmente as partes 4 e 5, que li com aquelas traduções Duwang horríveis).

      Para terminar, fique aí com esses vídeos sobre as partes 3 e 4 feitos por japoneses desocupados, que representam os principais acontecimentos das partes 3 e 4 (tem das outras, mas estes são os melhores). Se você já viu, vale a pena ver de novo:

    • Ed Shemp disse:

      Sim, confirmaram \o/ !
      Trivia mindblow – você sabia que, apesar de ser baseado em um album musical, o nome do vilão da sétima saga de jojo soa como a união dos nomes de dois personagens do desenho doug: Doug “Funnie” e Mosquito (Skeeter) “Valentine”.
      Sim, eu tenho vergonha de ter notado isso sozinho…

Deixe seu comentário, dica, opinião não relacionada ou propaganda descarada aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s