Walking Thru – Skyrim 1

Bem, a Walking Thru devia ser uma categoria voltada para jogos antigos, mas a verdade é que Skyrim é grande demais para fazer Review, com sabe-se lá quantas horas, ainda não cheguei nem na metade. Então eu vou ser do contra e vou caminhar pelo Skyrim com vocês (ouch, essa foi lame…). Nessa primeira parte vou falar sobre minhas experiências com construção de personagens.

Exato, personagens no plural. A primeira coisa que todo mundo fala desse jogo é como ele é grande. Tendo isso em mente, ao invés de fazer um personagem só e acabar com um build todo esculachado pelo meio das 100 HORAS de main quest, resolvi testar alguns diferentes e ver do que gostava mais. Infelizmente os personagens só dão noção real do que fazem com umas 5 horas de jogo. Sim, eu andei jogando um bocado…Vejamos, onde comecei:

Arqueiro Wood Elf

Se você acha ele feio, devia ver um dark elf...

Como eu sabia que arqueiro não era um personagem muito meu estilo (gosto de ir pra porrada), já testei o Juvêncio (você vai notar que eu sou péssimo com nomes) meio que sem esperanças.

Para ser sincero, o build até era promissor para o futuro. De longe, o arco fica muito útil, com bônus de crítico e chance de fulerar o oponente com seus ataques normais. De perto é meio lixo, mesmo com o ataque físico do arco, mas a raça comba bem fazendo meio ladino pra compensar.

Mas, como disse antes, não sou fã de ataque de longe. Barro pro Juvêncio.

Maga High Elf

Eu e meu dom de tirar screen com o cursor na frente

Já mago me pareceu mais divertido. Logo pude comprar magia de destruição nas duas mãos e o dano ficou bem decente. Infelizmente, se não estiver acompanhado de alguém para apanhar por mim, fica tenso. As armaduras que dão bons bônus de magia não defendem xongas e contra algumas ordas de inimigos, mesmo investindo muito em magika, o mp acaba e aí lascou. Pelo menos a habilidade racial de High Elf é muito boa para essas situações, enchendo o MP MUITO rápido por um certo tempo por dia. Como esse jogo tem algumas magias muito boas eu recomendo mago pra quem gosta de ser mais estrategista que porradeiro ou simplesmente quer DPS (dano por segundo) alto em troca da defesa.

Mas, requer paciência demais. Qualquer descuido com um personagem tão frágil pode ser fatal, digamos que minha Gertrudes era meio teste-de-load-game contra trolls…

Google, onde sua piada óbvia já é visual

Guerreiro Nord

Ok, parece o default...

Esse era mais meu estilo. Armaduras pesadas dão uma boa defesa, mas trazem problemas. São barulhentas, o que não me preocupava tanto, visto que Tobias resolvia seus problemas sempre na base da porrada. São também… bem, pesadas. Esse é um problema maior. Você carrega muito loot nesse jogo, não é legal ficar jogando tudo fora porque não pode carregar.

As armas de duas mãos são style e dão mais dano, mas impedem de usar escudo. Como escudo é coisa de maricas, isso não é problema. Achei esse build jogável, mas sinceramente meio fraquinho. É lento, sem versatilidade e enjoa rápido. Agora, um martelo de batalha daedrico de duas mãos flamejante é muito £*#@!

Armas grandes, sempre úteis para quem quer compensar algo

Bárbaro Redguard

Like a boss enquanto um mago é ownado por um espectro de gelo ao fundo

Como dá pra notar pela foto um “pouco” mais avançada, esse foi o build que escolhi. Não digo que é o último biscoito do pacote, mas é bem meu estilo. No momento estou no level 18. Os outros personagens, parei em média no level 10. As fotos deles são do início porque o cavalo aqui salvou em cima dos saves deles e ficou sem screen pra mostrar, aí teve que refazer outros com o mesmo desing pro post.

Armadura leve compensa (sim, essa armadura élfica é leve). Não costumo ter problema com loot e ganho versatilidade por poder tentar fazer coisas sem ser visto. A defesa também não é tão ruim, com a ajuda de bons perks/talentos para comprar ao subir level. Usar duas armas pode não dar o dano base de uma arma de duas mãos, mas o DPS é melhor. E não, eu não uso escudinho.

Invisto em Hp e Stamina. Stamina permite correr por mais tempo nas loooongas viagens a lugares ainda sem fast travel. O melhor é poder distribuir ataques carregados, principalmente com o bônus racial de Redguard (Stamina recarregando super rápido temporariamente). Hp é óbvio para alguém que só vai pra porrada. Não é exatamente seguro sair no braço com dragões e (bate na madeira) trolls.

Segundo Skyrim, isso é mais perigoso que um dragão

Me baseio em usar armas encantadas para dar dano alto, recarrego as mesmas com gemas, que, por sua vez, encho usando a única magia em que investi, conjurar espada, que usa Soul Trap (magia que enche as gemas) automaticamente ao causar dano. Se nada disso fez sentido pra você, é simples. Eu bato com uma magia já boa, que me permite manter funcionando minhas armas mais poderosas que ela mesma. Até agora, tem sido mais efetivo que choque do trovão num Squirtle.

Na próxima parte vou dar minhas impressões iniciais. Como esse Walking Thru é de um jogo relativamente novo, não vou detalhar missões como o Maximus tem feito no de Shadow of the Colossus. Nada com o fato de esse jogo ser imenso e eu ficar com preguiça… Até lá, nesse mesmo lugar, nessa mesma hora, nesse mesmo canal.

Anúncios

Sobre Ed Shemp

Mais um dos garotos perdidos que descobriu que o sentido da vida é um filme do Monty Python.
Esse post foi publicado em Walking Thru e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Walking Thru – Skyrim 1

  1. Ed Shemp disse:

    Eu jogo no PC. Um site (acho que era o systemlink) disse que simplesmente não existe diferença, mas reza a lenda que existe um bug no ps3 em que algumas pessoas ficam com severos problemas de lag após muito tempo de jogo. Parece que é por culpa do save gigantesco que o jogo gera conforme você vai fazendo coisas. Parece que a bethesda fornece patch pra quem reclama no forum deles, ou algo assim.
    DC universe é bom como fizeram soar?

  2. Jacksal disse:

    Caralho, eu lembro do teu Squall do FFVIII que tinha 99 drains na espada… sua história com personagens apelões me faz ter muito MEDO desse seu Redguard (de longe os melhores guerreiros do jogo). Acho que o meu Viking Nord indeciso entre magia e porrada ia levar uma sova do seu personagem… hehe.

    Se bem que, ainda nem fui na garganta do mundo e ja me diverti mais com esse jogo do que com New Vegas eu acho… \o/

    • Ed Shemp disse:

      Mas isso é muito legal em Skyrim, você não precisa ser apelão como em outros jogos (cof dark souls cof) pra aproveitar. A razão que resolvi fazer esse WT é que esse é, acredito eu, o jogo mais imersivo que já joguei. Certamente o mais consumidor de alma (tempo)…

      • Maximus Decimus disse:

        Vocês dois tão jogando no PC né? Vale a pena para console? Estou esperando alguma liquidação para perder minha alma (isso se sobrar alguma depois do DC Universe)

Deixe seu comentário, dica, opinião não relacionada ou propaganda descarada aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s