Gravity Rush

Como voar, segundo O Guia do Mochileiro das Galáxias:

Há toda uma arte, ou melhor, um jeitinho para voar.

O jeitinho consiste em aprender como se jogar no chão e errar.

Encontre um belo dia e experimente.

Como voar é muito mainstream, o que custa voltar ao velho ato de cair?

Conhecido originalmente como Gravity Daze (Nome no original japonês), Gravity Rush esteve em desenvolvimento desde 2008 para PS3 sob o nome de Projeto Gravité mas durante  sua produção foi transformado em um jogo para o PSVita. Sua versão traduzida para inglês foi lançada no dia 12 de junho de 2012.

O jogo se passa na cidade de Heksville, a qual flutua ao lado de uma misteriosa torre gigante. Kat, nossa protagonista, não tem memoria de praticamente nada, tudo que lembra é de que estava caindo antes de desmaiar. Graças a dusty, um ser com aparência de galáxias em forma de um felino, Kat pode controlar a gravidade ao seu redor com muita liberdade fazendo com que ela caia para cima ou em qualquer outra direção.

O Jogo é excelente.  Um de seus pontos fortes é a personalidade de Kat, que ao acordar é estupidamente maltratada, mas mesmo assim é sempre prestativa e otimista. Os NPCs importantes são em geral carismáticos e marcantes. A qualidade gráfica é ímpar, feita em CellShade, os personagens tem movimentação fluida e a sensação de profundidade é muito agradável.

Gravity Rush possui também uma jogabilidade altamente intuitiva. Quando Kat está usando seus poderes, pode-se usar tanto o analógico direito quando o sistema de tilt (virar pra lá e pra cá) do PSVita. Comandos como esquiva são facilmente feitos usando a tela de toque, assim como algumas habilidades. No estilo Sand Box, Gravity Rush permite uma grande exploração do cenário. Possui elementos de RPG tais como Subquests e levelup.

O loading do modo challenge é demasiadamente demorado, e caso priorize o sistema de tilt para controlar suas quedas, você pode acabar pagando de maluco caso jogue em lugares públicos.

Caso você tenha um PSVita fica aqui minha recomendação. É bom ver que mesmo com a carência de Jogos para o portátil, estão sendo produzidos jogos com tanta qualidade. Espero que continue assim.

de 0-5 (zero a cinco)
História 4.0
Jogabilidade 4,5
Resposta dos comandos 4.8
Qualidade gráfica 4.5

Anúncios

Sobre Fake-Nerd

Alguem que um dia será grande... mas ateh o momento soh tem 1.82m
Esse post foi publicado em Reviews e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário, dica, opinião não relacionada ou propaganda descarada aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s