Walking Thru – Shadow of the Colossus 2

Nesta edição, mostrarei meu progresso no Shadow of The Colossus ao enfrentar os colossus de 4 a 9 (Colossus de 1 a 3 aqui).

Colossus 4

Voltando ao jogo, usei novamente a GPSword (horrível, eu sei) e achei o próximo colossus. Primeiramente, o que pude reparar é que o lugar da luta era muito grande, então inicialmente me ocupei de explorá-lo, até que vi os quatro morros com entradas. Primeiro tentei subir no morro e pular nas costelas do colossus, que eram bem proeminentes, sem sucesso. Então o próximo passo era entrar num dos buracos e sair pelo outro lado. Batata! quando saí, vi que o colossus estava no buraco por onde entrei, cavucando a terra em volta e me procurando. Até que uma hora ele olhou dentro do buraco por onde entrei,e vi que as suas orelhas/brincos/seja lá o que for,  tinham um formato que lembrava ligeiramente uma escada. Pulei e consegui me agarrar. De lá, subi direto na cabeça dele e tchau e benção colossus.

Tipo isso aqui.

Colossus 5

Uma coisa que tem me chamado bastante atenção nos espaços entre as lutas colossais é, além dos espiritos do que eu acho que sejam os colossus mortos te olhando de um jeito altamente creepy, que uma nova pomba aparece em volta da mulherzinha para cada colossus assassinado.

Pois bem, ao colossus: Putamerda, como esse herói nada devagar! Sério, enquanto estava tentando descobrir como subir no colossus, resolvi fazer um reconhecimento geral do terreno da batalha, o que se traduz em na pratica perto de meia hora nadando (fora o tempo andando de cavalo). Depois de um BOM tempo e de reconhecer o terreno, resolvo dar uma flechada no bicho: Como esperado, o bicho se desperta e começa a ficar voando a esmo. Agora, fico procurando algum lugar alto onde consiga chegar para subir nele, e nada. Por fim, percebo que por todo cenário estão espalhadas conjuntos de três plataformas. Subo numa delas e começo a atirar flechas no colossus. Como esperado ele me ataca e subo nele. Não, na verdade não, pois erro neste primeiro ataque. Mas no segundo sim. Depois de subir, vou até o rabo e ataco. Tiro quase metade da energia dele. De lá para a asa direita e ataco novamente, deixando sobrar próximo de um terço. De lá vou para a asa direita e… CAIO!!!

Depois de cair penso “Ah, foi fácil subir da primeira vez, da segunda também vai ser”. Como eu sou bobinho. Primeiro, não me seguro direito no bicho, depois, na hora de subir na asa fico caindo o tempo todo. Depois de uns 5 minutos de tentativa e erro consigo chegar lá. Ataco, ataco, e quando falta praticamente nada para matar o colossus, caio de novo! Aí, como esperado de alguém azarado, tome quase mais 10 minutos!

Colossus 6

Com este colossus tive uma certa dificuldade de encontrar exatamente onde se encontrava a arena: Depois de andar bastante (inclusive por uns espaços meio apertados onde o Aggro ficava fazendo coisas caóticas), cheguei no laguinho dentro da montanha, onde o GPSword ficava apontando para um lugar caótico meio que dentro do lago. Sem saber para onde ir, e sendo meio burro, imagino que a localidade certa não seja na montanha, mas atrás dela. Saio, dou a volta e percebo que não, era lá mesmo. Volto de novo, e finalmente acho a entrada para a arena subterrânea onde finalmente encontro o bicho.

Pois bem, chegando lá, a primeira coisa que percebo no Colossus é a sua barba, que é feita daqueles pelos que dá para subir. Pensei: Pronto, é por aqui que eu subo (mal sabia eu na época que dava para subir pelas mãos). Vejo que próximo da parede da arena tem uma área onde ele não me alcançaria, então faço ele quebrar as barreiras até lá, jogo umas flechas nele, e espero ele baixar a cabeça para olhar. Quando ele faz isso, pulo na sua barba subo na cabeça e lá se vai metade da energia. Desço pelas costas e então lá vai outra.

ZZ top fazendo cosplay do sexto colossus (+ um amigo famoso)

Curiosidade: o nome deste colossus é Barba. É, até que faz sentido.

Colossus 7

Chegar no colossus 7 foi bem fácil, sem nenhum problema. Chegando lá, vejo que o bicho é aquático e tem tasers nas costas. Fico naquela plataforma menor esperando para ver se ele sai da aguá em algum instante, o que ele prontamente faz! Que bom, adoro quando o jogo facilita. Pulo nas costas dele e vou avançando até o primeiro “taser” quando… o bicho entra na agua e o herói morre eletrocutado! Que chocante! (favor ler esta última piada horrível pensando na música tema de a praça é nossa).

Ilustração da minha primeira morte em Shadow of the Colossus.

Depois do Retry, e agora muito mais “cabreiro”, resolvo dar uma reconhecida no terreno para ver se tenho alguma idéia. Vejo que existe nele uma torre maceta (amazonês para grande para porra) com degrais que poderiam ser usados para escalar. Faço o óbvio então: subo a porra toda, só para descobrir que lá em cima não há nada. Como tem luz solar, uso para ver os pontos fracos do Colossus, e vejo que, além da cabeça, são os 3 “tasers” mesmo. Pulo lá de cima e vou na cara e na coragem tentar matar o colossus. Subo novamente nas costas dele e vou me aproximando cuidadosamente do taser. Chegando perto, vejo a marca característica dos pontos fracos do jogo, espero bem e ataco ela, desligando o primeiro. Repito o mesmo para o segundo. Chegando no terceiro porém, algo bizarro acontece: em um momento que solto do colossus para descansar, caio rolando para o lado do colossus mas consigo me segurar. Contudo, a música de batalha para, e o colossus, ao invés de continuar nadando na superfície, começa a afundar rapidamente! Quando percebo, estou muito fundo e ficando sem ar. Solto o bicho e tento chegar o mais rápido possível na superfície para não morrer. Conforme o ar vai acabando, é impossível para mim não pensar na temível música de falta de ar de Sonic:

Sério, certa vez eu tentei por ela como despertador, mas desisti logo por medo de possíveis sequelas psicológicas. Praticamente no último instante consigo chegar a superfície, e assim não perco tudo que fiz até agora nesta luta. Depois disto, basta repetir o processo para chegar na cabeça do bicho e matá-lo.

Colossus 8

Uma coisa que já está ficando bem visível neste ponto da história é o fato de que, a cada colossus morto, o herói vai ficando mais cadavérico e sua espada, mais escura, o que é um provavel foreshadowing de futuros eventos (assim como o hentai rape que ele sofre por tentaculos negros a cada colossus que ele mata). Um adendo: se você clicar neste link anterior, prepare-se para perder um dia inteiro de trabalho/estudo/vagabundagem. Mas, voltando ao colossus: este é um colossus LaRgato, em uma espécie de coliseu. Meu primeiro movimento óbvio foi tentar lançar uma flecha nele, para ver o que ele faz. Ele olhou para cima e soltou seu projétil. De primeira eu pensei “Ei, até que não causa muito dano”. Isto é, até que a nuvem que permanece depois do tiro me matou! Segunda morte em SotC.

Vai tomar no cú também, nuvem.

Volto lá, agora evitando com muito mais vontade os prójeteis. Depois de atirar, o colossus começa a escalar a parede, sendo que ele possui as patas suspeitamente brilhantes. Depois de duas flechas ele cai de costas no chão. Desço um andar e resolvo logo pular direto para ver se consigo causar um pouco de dano nele, e quase morro. Subo no colossus, mas não dá tempo de atacá-lo. Contudo, depois de conhecer o modus operandi, basta repetí-lo e pronto.

Colossus 9

Ah, esse filho da puta. Primeira coisa que percebo no caminho ao colossus são os geisers: Com certeza esses estariam ali por uma razão, e seriam instrumentais na luta contra o colossus. Este é, de longe, o maior colossus enfrentado até o momento, uma espécie de tartaruga. Primeiramente, acordo o bicho e tento ver quais são seus ataques, bem como possíveis pontos de subida. O ataque que ele levanta as pernas dianteiras é fácil de evitar e causa pouco dano, e ele não faz nenhum outro enquanto você está muito perto dele. Resolvo então me afastar e tentar guia-lo até um dos geiserezeses. Aí é que eu vejo a merda: Este colossus, como o anterior, tem um ataque baseado em projéteis. A diferença, porém, é muita: além dos projéteis deste serem mais rápidos, eles causam MUITO, mas muito dano, como eu descobri nas minhas terceira, quarta e quinta mortes em Shadow of the Colossus. O problema maior é que, além do projétil praticamente te matar se te acertar em cheio, ele também causa bastante dano se acertar no chão próximo do herói, sendo a única saída pular ou esquivar no momento em que o projétil acerta. Enquanto estou tentando pegar o tempo dos projéteis, consigo levar o colossus a um geiser. Inicialmente não acontece nada, mas no segundo esguicho o bicho (aliteração esta nas minhas top 5 figuras de linguagem preferidas) fica todo torto, com as patas meio de lado. Tenho que fazer aqui um adendo: um bicho daquele tamanho, poderosissimo, ficar todo torto por causa de um esguichozinho seria análogo a um ser humano ficar tetraplégico por usar um bidê.

Cuidado, eles podem ser fatais (se você for um colossus, ao menos).

Pois bem, com ele torto, chego perto para ver se agora consigo subir nele. Nada. Mas ao menos consigo ver que nas patas tem pequenos pontos brilhosos que podem ser atacados. Vou com a espada e nada, e o bicho levanta e me mata. Repetindo tudo novamente, agora jogo flechas nos dois pontos. Eis que, de um jeito muito, mas muito estranho, o colossus rola, ficando de pernas para cima. Corro lá e subo nele. Tento ir no rumo da cabeça, mas aparentemente não é para lá e o bicho se desvira. Repito tudo, e agora vou para as costas dele, mas quando ele se desvira eu caio. Na terceira tentativa, contudo, chego a sua espinha e subo até a cabeça, e o resto é moleza.

Vou parando por aqui pois já estou me alongando muito. Tentarei fazer o próximo post com menos Colossi, para ver se ele sai mais rápido, já que este aqui acabou me fazendo ter que parar de jogar até o post ficar pronto, para evitar esquecer as batalhas. Então espere até o fim de semana no máximo pela próxima parte!

PS: Em homenagem às pessoas que chegaram ao meu primeiro Walking Thru pesquisando sobre o filme do Shadow of the Colossus, posto aqui com exclusividade, o primeiro trailer do filme de Shadow of The Colossus:

Muito foda né?

Anúncios

Sobre Maximus Decimus

Um carinha do barulho que vai armar altas confusões que até deus duvida nesse site que é um estouro.
Esse post foi publicado em Walking Thru e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Walking Thru – Shadow of the Colossus 2

  1. Jacksal disse:

    Cara, faz mesmo eu já comprei na HK Offerhouse um Mass Effect 2 original por 28 reais! É absurdo de barato.

    Não conhecia a Estarland, se chega mais rápido é uma boa solução, pq esse mesmo Mass Effect demorou uns 2 meses pra chegar, haha. Eu geralmente peço e esqueço.

    Quando to muito na gana do jogo pago mais caro pra já sair com ele da loja aqui mesmo (isso quando tem). Mas o Shadow eu já zerei então posso esperar de fora tranquilo.

    Fico no aguardo desse post aew e do fim do Shadow, quero ver suas impressões. o/

  2. Marcus disse:

    Eu to gostando de relembrar esse jogaço lendo os teus walking trus. Depois de zerar o que agente guarda mais eh a historia foda do jogo e a sensação de grandeza dos colossi, mas não cenas específicas, então eh bacana relembrar. Vou ver se compro essa versão em hd tbm pra não ficar só na vontade. Boa sorte nas próximas batalhas, você vai precisar!

    • Maximus Decimus disse:

      Pois é, é bacana para mim também, pois as vezes tem alguns colossus por quais eu passei muito rápido e não ficam muito marcados na memória (geralmente só os difíceis ficam). Então, na hora de escrever, a memória destes colossus menos marcantes volta a tona. Recomendo muito a compra do HD mesmo, de preferência online, onde sai muito mais barato:

      http://www.hkofferhouse.com/items/last-update/20111027/ps390217-detail.htm
      http://www.estarland.com/Playstation3.cat..product.36610.html

      Em ambos sai por volta de 80 reais, sendo q o offerhouse é mais barato e o estarland entrega mais rápido. Além disto, pelo menos para mim é MUITO raro pagar imposto (recentemente mesmo compreia edição especial do Arkham City por quase 200 reais e nada de imposto). Ainda vou fazer um post sobre lojas online no exterior e minha experiência com elas

Deixe seu comentário, dica, opinião não relacionada ou propaganda descarada aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s